Instagram reduz alcance de posts orgânicos

08.10.2015 - Matérias

 

Um assunto que estava sendo alvo de especulações agora é oficial: O Instagram está reduzindo o alcance orgânico dos posts, assim como o Facebook já faz há algum tempo.

Para dar sentido à minha afirmação, coloco abaixo o post do Facebook da Lia Camargo (do blog Just Lia), que também expressa exatamente minha opinião:

"Eu não lembrava que fazia tanto tempo, mas em 2012 o Facebook comprou o Instagram. Então essa semana oficialmente começa a mesma bagunça que a gente já vê aqui nos perfis pessoais e páginas: se quiser que sua menção seja vista, VAI TER QUE PAGAR.

Pra mim como usuária, a rede social sempre foi aquele lugar onde você constrói sua timeline adicionando quem você QUER seguir. Diferente de um site ou blog de outra pessoa, onde você vê o conteúdo num formato que não é você que escolhe. Rede social deveria ser o lugar onde a curadoria é sua.

O que acontece agora no Instagram em exemplo anexado. Minhas fotos que desempenhavam ~MAL~ tinham uma média de 4600 Curtidas. Sexta e hoje postei duas fotos que tiveram menos de 200 curtidas*: elas NÃO FORAM EXIBIDAS na timeline das pessoas que me seguem. Não é bug, não é mal desempenho, é o Instagram mudando seu algoritmo. E não é de uma forma que faça sentido, porque a segunda postagem que tive problemas, eu deletei e repostei e em menos de 1 min ela já havia batido os 200 likes da outra. Ou seja, a foto e a legenda não eram ruins. O SORTEIO do Instagram que definiu que ela não ~merecia~ ser exibida.

Não acho que o problema é só ~postar para ninguém ver~, mas eu como usuária, tenho um super apego ao Instagram. Adoro ver as fotos lá, sigo inclusive poucos perfis justamente pra poder ver tudo. E agora SEI que o app não está me mostrando todas as fotos que eu OPTEI por seguir. Que droga não?

Já pode voltar o Orkut? Torci tanto pro Google ter feito essa compra na época... Temos alguma alternativa de rede bacana pra apostar QUE NÃO SEJA DO MARK?

*passou de 200 porque eu contei o que aconteceu no snapchat e as leitoras foram procurar essa foto!"

  

 

Eu entendo que as plataformas são divididas em duas frentes: A versão de usuário, que monta seu feed conforme deseja, adicionando ou seguindo quem ele quer por perto, mas também temos a esfera do business, que é onde entram as marcas atuando de forma incisiva com conteúdos pagos.

Por fim, gostaria de saber a sua opinião: Você é a favor ou contra a ~morte~ do conteúdo orgânico?